Como sair das dívidas ganhando pouco

Parabéns! Você tomou a importante decisão de sair das dívidas. Mas, o que vem agora? A maioria das pessoas não consegue avançar neste ponto. Elas analisam a sua renda mensal e chegam à conclusão de que as suas intenções são boas, mas, a realidade é bem mais difícil. Este é o seu caso?

Pois, saiba que sair das dívidas ganhando pouco parece desesperador. Mas, não precisa ser. Existem diferentes formas de você abordar a sua dívida. E este artigo é sobre isto. Confira!

1. Primeiro, você precisa acreditar que pode sair das dívidas ganhando pouco

Especialmente se você tem uma renda modesta, é difícil acreditar que é possível sair da dívida. Mas, você precisa, antes de tudo, acreditar que seu objetivo é alcançável.

Pense que outras pessoas tentaram antes de você e alcançaram o sucesso financeiro que você está procurando. Algumas dessas pessoas, possivelmente estavam em pior situação que você antes de tentarem.

Banner Nome limpo - pagar divida

2. Descubra para onde o seu dinheiro está indo

Um dos principais motivos para que a maioria das pessoas viva com um salário que só cobre as despesas mensais, ou nem seja suficiente para cobri-las, é porque elas não acompanham de perto o seu dinheiro.

O dinheiro entra e sai do seu bolso sem planejamento. Então, no final do mês elas têm a sensação de que o mês foi maior que o seu dinheiro. Você já teve esta sensação?

Comece a investigar para onde o seu dinheiro vai para que não haja vazamentos. As duas primeiras coisas que você deve fazer para manter esses vazamentos sob controle são estas:

  • Acompanhe os seus gastos por 30 dias

A primeira coisa que sempre recomendo é manter o controle de cada real gasto em um período de 30 dias. Você pode fazer este controle através de aplicativos para celular, planilhas de Excel ou mesmo anotar em um caderninho que vai te acompanhar durante todo o dia por um mês. Anote todos os gastos, por menores que eles sejam.

  • Aprenda a fazer um orçamento:

Depois de anotar todos os gastos dos últimos 30 dias, você estará pronto para fazer um orçamento por escrito. Novamente, sugiro o uso de aplicativos para celulares ou uma planilha de Excel.  Escolha o que for mais fácil para você.

O seu orçamento precisa ser muito detalhado se você quiser que ele funcione. Apenas escrevendo suas contas não vai conseguir sair das dívidas. O objetivo de fazer um orçamento é planejar seus gastos para o próximo mês para que cada centavo tenha um lugar específico para ir.

Muitas vezes, o simples fato de fazer um orçamento escrito ajuda a cessar o desperdício e a liberar mais dinheiro por mês. Se for esse o seu caso, então você pode usar esse dinheiro para começar a pagar a dívida mais rapidamente.

3. Crie uma estratégia que te ajude a sair das dívidas ganhando pouco

Você já sabe como seu dinheiro flui, então comece a montar um plano para pagar a dívida.

Outra vez, é importante ter uma estratégia por escrito para manter o foco. A maioria das pessoas tem a tendência de improvisar. Não vá por este caminho, pois geralmente não dá certo.

Quando você tem um plano sólido para sair da dívida, é mais fácil concentrar-se em pagá-la, cumprindo cada etapa do seu plano.

Assim, não importa se você não tem muito dinheiro extra. Você ainda pode pagar a sua dívida no devido tempo apenas dedicando-se ao seu plano.

[+] Leia também: 10 regras essenciais para sobrar dinheiro no fim do mês

4. E se a sua renda realmente não for suficiente para pagar sua dívida?

Isso pode acontecer. Você controlar todos os vazamentos de dinheiro em seu planejamento e chegar à conclusão de que a sua renda realmente não lhe permite pagar a sua dívida.

Mas, isso não significa que você está em uma situação impossível e nem que você nunca vai conseguir sair da dívida. Significa apenas que você tem que fazer as coisas de forma um pouco diferente e fazer alguns sacrifícios a mais para chegar ao sucesso.

Veja algumas coisas que você pode fazer para aumentar sua renda e conseguir o dinheiro extra que você precisa para pagar sua dívida.

  • Venda o que você não precisa mais.

Todo mundo tem coisas que não precisa e não usa. Você pode fazer uma busca pela casa e recolher todo material que não usa e anunciar em sites como a OLX.  

Seja criativo na busca: livros, vinis antigos, roupas, sapatos, móveis, eletroeletrônicos e tudo o mais que não tiver serventia pode lhe render algum dinheiro.

Claro, pode ser que você não encontre coisas suficientes para vender que pague todas as suas dívidas, mas é um bom começo.  

  • Reinvente a sua carreira

Pode parecer contraditório, mas investir em sua carreira pode ser uma forma de sair da dívida.

Faça cursos para aprimorar os seus conhecimentos. Dessa forma, você pode conseguir um novo emprego, caso esteja desempregado ou não tenha oportunidade de crescimento em seu emprego atual, ou, ainda, consiga uma promoção.

Veja quais conhecimentos são exigidos para você ter um avanço em sua carreira e vá atrás de qualificação. Em sua cidade, certamente há muitos cursos gratuitos em entidades como o SEBRAE. Pela internet também você encontra cursos baratos ou gratuitos. Então, mova-se e mãos à obra.

  • Trabalhe em outra atividade.

Se o seu emprego formal não está te dando renda suficiente para pagar suas dívidas, busque atividades para complementar a sua renda no tempo livre.

O que você pode fazer para melhorar a entrada de dinheiro no caixa? Vender doces ou salgados? Vender cosméticos? Dar aulas particulares de inglês ou de culinária, ou de alguma outra atividade que você domine? Se tornar motorista de aplicativos como Uber e Cabify?

Pesquise. Certamente tem algo legal que você faz que possa ser fonte de renda.

5. Conclusão: Sim, você pode sair das dívidas ganhando pouco

É claro que eu não consegui esgotar neste artigo todas as possibilidades que você tem de sair das dívidas ganhando pouco. Mas, este é um bom começo.

O que eu quis evidenciar é que o fator determinante para você sair da dívida não é a sua renda, mas sim o seu plano. Se os seus hábitos não mudarem e você não agir, a sua dívida só crescerá.

Você não precisa, portanto, viver de salário em salário, tentando pagar suas dívidas, nem mesmo ignorá-las porque a sua renda é baixa e você não consegue dinheiro suficiente para quitá-la.

Escolha a melhor estratégia para você e siga-a sem desanimar.

Comente aqui se a falta de dinheiro é um problema para você sair da dívida e quais são os seus planos para mudar a situação.

Banner negociação inteligente


Posts Relacionados


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of