Qual é a diferença entre juros e correção monetária?

diferenca entre juros e correcao monetariaVocê sabe qual é a diferença entre juros e correção monetária? Provavelmente você já ouviu essas palavrinhas, afinal, elas estão muito presentes no cotidiano financeiro. Mas você sabe o que significa cada uma delas? E qual o impacto elas causam na sua vida financeira? Se você não sabe, fique ligado(a). Vamos explicar o que é cada uma delas e o quão ruim podem ser quando o pagamento de uma dívida é atrasado.

O que são juros?

Juros são os valores cobrados quando há atraso no pagamento de uma determinada conta. Por exemplo, se você atrasar o pagamento do cartão de crédito, das contas de água, luz ou telefone, na fatura do próximo mês haverá a cobrança de juros.

Os juros também estão presentes nas compras parceladas. É comum as lojas divulgarem condições de pagamento em que até determinado número de parcelas, o valor é sem juros. Além disso, eles também estão presentes nos empréstimos bancários.

Os juros podem ser simples, compostos, nominais, mora, reais e rotativos, entre outros.

O que é correção monetária?

Já a correção monetária é uma atualização do valor da moeda. Ela ocorre todo mês e não tem relação com a cobrança de juros. Ela é feita para evitar a perda de valor da moeda corrente do país, o Real.

É feita uma adequação da moeda perante a inflação, levando em consideração um período determinado. São ajustes contábeis e financeiros para compensar perdas econômicas. Eles são realizados para mostrar o preço de compra da moeda oficial do Brasil, comparando com o valor de outras moedas, como o dólar por exemplo.

Para ficar mais fácil o entendimento vamos exemplificar. A correção monetária é mais fácil de ser visualizada quando você faz compras com outra moeda. Exemplo: no último mês você comprou em dólar usando o seu cartão de crédito e, agora, a fatura chegou com um valor diferente.

Essa diferença de valor é devido à correção monetária. Isso acontece porque o valor do dólar, no fechamento da fatura, estava diferente do valor na data da compra. Esse valor pode ser inferior ou superior.

Como eles são calculados?

Os juros são calculados por meio de percentuais, já para a correção monetária é utilizada uma variação de indexadores. O valor dos juros é calculado baseado na inflação em vigor, o acordo realizado no contrato e o risco do empréstimo para o credor.

No caso dos empréstimos bancários os juros são calculados levando em conta os custos para manter o serviço e o risco de crédito, ou seja, a chance que o banco tem de levar um calote.

O quanto o banco gastou para captar o dinheiro que será emprestado também entra no cálculo. Esse valor é quanto a instituição financeira gastou para conseguir uma quantia em dinheiro. Quantia essa que é repassa por meio de empréstimos. Traduzindo, nos juros do empréstimo bancário estão inclusos os valores das operações bancárias.

No caso da correção monetária, cada mercado utiliza um índice para avaliar essa correção. Mas, de um modo geral, ela baseia-se nos índices da inflação, preço da moeda e cotação do mercado financeiro.   

Conclusão: A diferença entre juros e correção monetária

Agora você já sabe a diferença entre juros e correção monetária. Em resumo, os juros são uma compensação para as instituições financeiras, aplicada em empréstimos ou em atrasos de pagamentos. Enquanto isso, a correção monetária corrige o valor da moeda seguindo sua atualização.

Portanto, os juros devem ser evitados a todo custo. O ideal é sempre pagar as contas em dia para evitar multas e juros. Principalmente o cartão de crédito e o cheque especial, responsáveis por altos juros no mercado. Para que isso aconteça, o planejamento financeiro é o grande segredo para uma vida financeira saudável.

O que você achou desse conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe este artigo com quem você gosta.


Posts Relacionados


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of