Conheça as FINTECHS – serviços financeiros descomplicados

Lidar com dinheiro é sempre delicado. Com a esperança de segurança e transparência acabamos nos tornando reféns dos bancos. Entretanto, a realidade é outra. O que verificamos são agências cheias, taxas em todos os serviços, muita burocracia, sistema engessado, além das ofertas de serviços que parecem incompreensíveis para quem não é do mercado financeiro.

Assim como aconteceu com o transporte e o comércio, aos poucos, a influência dos bancos está reduzindo. Startups financeiras,  conhecidas como fintechs, estão inovando o seguimento. Com uma proposta de um mercado financeiro amigável – tornaram possível resolver quase tudo diretamente pelo celular, a qualquer hora do dia. Afinal, quem são essas novas empresas que estão conquistando o mundo:

          O que são fintechs?

O nome veio da junção de “Finanças” e “Tecnologia”, e é usado para se referir ao segmento de startups que oferecem serviços financeiros. São empresas inovadoras que, por meio de processos tecnológicos, propõem novos modelos de negócios em todas as áreas financeiras, desde a negociação de dívidas, empréstimos, e até serviços de cartão de crédito. Oferecem ao usuário uma nova maneira de se relacionar com suas finanças, de forma descomplicada e transparente.

A grande diferença delas para os velhos bancos é que a tecnologia é usada como solução para as limitações e deficiências que estas estruturas tradicionais apresentam além de proporcionar conveniência para o consumidor por meio da inovação.

          Quais são os benefícios?

Os produtos oferecidos por elas são mais simples, mais fáceis de usar, além de estarem disponíveis 24 horas por dia. Não é preciso agendar horário para conversar com o gerente ou se dirigir até uma agência para realizar transações e tirar dúvidas, basta ter acesso à internet. Em todas estas empresas o serviço é feito no computador ou diretamente pelo celular!

Por terem uma estrutura mais enxuta que um banco e já terem nascido com a tecnologia, as fintechs possuem serviços bem mais baratos, às vezes até isentos de taxas. São também intuitivos, dão autonomia ao cliente e tudo é feito de forma discreta, prática, muito menos burocrática, deixando para trás o conservadorismo e proporcionando flexibilidade e facilidade de acesso ao crédito.

          Quais serviços as fintechs oferecem?

Já são mais de 200 fintechs no Brasil. Por isso é possível encontrar serviços dos mais variados, tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas.

É possível efetivar pagamentos, realizar empréstimos ou financiamentos, transferências, conseguir um cartão de crédito. Abrangem até mercados que antes os bancos não alcançavam, com opções de microsseguros para quem tem baixa renda, por exemplo.

Além disso, vão além das instituições financeiras, com plataformas de negociação de dívidas e de gerenciamento de finanças, por exemplo.

          Como elas funcionam?

As fintechs oferecem serviços específicos, afim de garantir qualidade e manter o foco em constantemente melhorar seu produto. Sendo assim, tornam o ambiente financeiro mais amigável e conseguem dar a melhor e mais personalizada experiência ao cliente.

Reduzem os intermediários para as transações e automatizam as análises de dados, se tornando mais eficientes e mais baratas para o usuário.

Elas nasceram para tornar a economia mais simples. Você está pronto para apostar nesta nova dinâmica para cuidar das suas finanças?

Deixe um comentário contando sua expectativa para o mercado financeiro!